Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2010

Arrábida a Património Mundial - Parceiros envolvidos

O Setubalense: 26.Abril.2010

Arrábida a Património Mundial - 1ª reunião da Comissão de Acompanhamento

Realizou-se, em 23 de Abril, nas instalações do Convento da Arrábida, a primeira reunião da Comissão de Acompanhamento a esta candidatura. Entre as 32 entidades convidadas esteve também presente a nossa Associação Cultural Sebastião da Gama.Do programa podemos salientar,desde já, as palavras de boas-vindas, proferidas, em nome da Comissão Executiva,pelo Senhor Governador Civil de Setúbal, a que se seguiu a apresentação dos critérios, valores e área a candidatar. Trata-se de uma candidatura mista - PATRIMÓNIO NATURAL E CULTURAL - com a denominação do BEM a candidatar: ARRÁBIDA.Este BEM, que envolve os concelhos de Setúbal,Palmela e Sesimbra, inclui toda a cordilheira da Arrábida, que vai desde o morro do Castelo de Palmela até à Plataformado Cabo Espichel,bem como ao Parque Marinho Luiz Saldanha. Em síntese, os critérios segundo os quais a inscrição é proposta são:a) NO PATRIMÓNIO NATURAL, por:«representar fenómenos naturais ou áreas de uma beleza natural e importância estética excepci…

Memórias e testemunhos (3) - Sebastião da Gama segundo Joana Luísa

Adelaide Coelho. "O poeta da Arrábida, segundo Joana da Gama". Sem Mais Jornal. Setúbal: nº 611, 24.Abril.2010, pg. 9

A propósito da apresentação do "Diário" em Itália

A editora Sette Città reproduz no seu site a seguinte informação a propósito da obra Frammenti di Diário, tradução italiana de excertos do Diário de Sebastião da Gama a cargo de Maria Antonietta Rossi: «Questo volume presenta al lettore, attraverso un’edizione critico-genetica condotta sul manoscritto autografo, le parti più interessanti dal punto di vista didattico e linguistico del Diário di tirocinio del poeta Sebastião da Gama: raccolta di appunti in cui l’autore racconta la propria esperienza di insegnante di portoghese presso l’istituto commerciale “Veiga Beirão” di Lisbona fra il 1949 e il 1950. Sebastião da Gama imposta la sua pratica di insegnamento seguendo le teorie del pedagogo italiano Giuseppe Lombardo Radice (1879-1938), del quale il poeta lusitano consulta e apprezza la traduzione in spagnolo del testo Lezioni di didattica e ricordi di esperienza magistrale. Intento di questo volume è anche quello di presentare una versione nella nostra lingua dei testi selezionati del D…

Sebastião da Gama no Montijo

Ontem, levei Sebastião da Gama até ao Montijo, a alunos da Escola Secundária Jorge Peixinho. O convite fora formulado pela Fátima Nazário, amiga e professora naquela escola; a ida serviu ainda o propósito de reencontrar amigos que já não via há anos, como foram os casos do José Evangelista, Director da escola, e do Flamino Viola, que iniciou a gestão da Escola Básica de 2º e 3º Ciclos de Pegões. Mas fui, então, apresentar “Sebastião da Gama – Meu caminho é por mim fora” a alunos do 7º e 9º anos e a alguns alunos de um CEF, comunicação integrada na Semana das Línguas que está a decorrer na escola. Foi sobretudo um caminhar pela obra do poeta da Arrábida e também pela sua vida, tanto mais que há ligações do seu percurso com o Montijo – o pai, Sebastião Leal da Gama Júnior, ali nasceu no longínquo 1893 e alguma da participação jornalística de Sebastião da Gama passou por dois importantes periódicos montijenses – o Gazeta do Sul (entre 1940 e 1943) e A Província (em 1949). Esta ligação ser…

Sebastião da Gama: 60 anos sobre o "Diário"

Fac-simile da 1ª página do manuscrito (11 de Janeiro de 1949) e capa da 1ª edição do Diário (1958)
Em 11 de Janeiro de 1949, Sebastião da Gama tinha 24 anos, a licenciatura, a experiência lectiva de professor provisório na Escola João Vaz, vários textos publicados, entre os quais dois livros, e iniciava o estágio de professor na Escola Veiga Beirão, em Lisboa, desse dia datando a primeira página do seu Diário (apenas publicado em 1958), a registar as observações do metodólogo, Virgílio Couto: “Para começar, o metodólogo falou connosco durante uma hora. De acordo com o que disse, vão ser as aulas de Português o que eu gosto que elas sejam: um pretexto para estar a conviver com os rapazes, alegremente e sinceramente. E, dentro dessa convivência, como quem brinca ou como quem se lembra de uma coisa que sabe e vem a propósito, ir ensinando. Depois, esta nota importantíssima: lembrar-se a gente de que deve aceitar os rapazes como rapazes; deixá-los ser: porque até o barulho é uma coisa agra…

Arrábida a Património Mundial - Comissão de Acompanhamento reúne

«O místico Convento da Arrábida, situado na encosta da serra, vai ser palco de uma reunião da Comissão de Acompanhamento, criada no âmbito do processo da candidatura da Arrábida a Património Mundial, que se realiza no dia 23 de Abril, pelas 10h00. Representantes de entidades e instituições regionais e nacionais que foram convidadas a fazer parte da Comissão de Acompanhamento da candidatura da Arrábida a Património Mundial da Humanidade, vão estar reunidas no dia 23 de Abril, no Convento da Arrábida, com o objectivo de debaterem e avaliarem a proposta de critérios, valores e área a candidatar à UNESCO. Do programa público consta ainda a assinatura de protocolos entre a AMRS (Associação de Municípios da Região de Setúbal) e as entidades que já aceitaram dar os seus contributos para este projecto. Durante a tarde, depois de uma visita guiada ao convento novo, o painel divide-se e dá lugar a duas oficinas – a do património cultural que decorrerá na sala do bispo e a do património natural que…

Quando Sebastião da Gama escreveu na imprensa…

Sebastião da Gama tinha 16 anos quando viu o seu primeiro texto publicado num jornal: o poema “Portugal Independente”, conotado com o momento histórico que se vivia – as Comemorações Centenárias –, saído no jornal montijense Gazeta do Sul em 8 de Dezembro de 1940. Neste periódico colaborou durante três anos, com poemas, assinados pelo único pseudónimo que usou publicamente – Zé d’Anicha, em homenagem a um recanto da sua Arrábida. A sua vontade de publicar era grande e insistente, assim se percebendo as missivas que, na rubrica “Correio Geral”, o jornal enviava para o jovem Sebastião da Gama, da Arrábida, respondendo-lhe que os seus poemas seriam publicados logo que chegasse a respectiva altura, seguindo a ordem de recepção dos textos dos colaboradores no jornal. A sua participação teve efeitos sobre os leitores, porquanto vários poemas foram publicados neste jornal, tendo como destinatário o Zé d’Anicha, assinados por pseudónimos como “Elvense que adora música”, “JC um barreirense” e “…

"Diário" traduzido em Itália

Foi ontem que aconteceu a apresentação da edição italiana de excertos do Diário, de Sebastião da Gama, obra que passará a integrar o curriculum de estudo na Università degli Studi della Tuscia. A tradução, com anotações, deve-se a Maria Antonietta Rossi, que, há uns anos, apresentou para “tesi di Laurea in Lingua e Traduzione Portoghese”, na Facoltà di Lingue e Letterature Straniere Moderne daquela Universidade, o estudo Diário: un metodo didattico nel Portogallo della prima metà del Novecento, sobre a obra pedagógica de Sebastião da Gama, trabalho que foi orientado por Mariagrazia Russo, professora daquela Faculdade. A obra agora editada parte do estudo que Maria Antonietta Rossi apresentou como tese. Recorde-se que Mariagrazia Russo, nossa associada e estudiosa da cultura portuguesa, foi também responsável pela edição do livro Não morri porque cantei (Mem Martins: Sebenta Editora, 2003), de Sebastião da Gama, que recolhe cerca de duas centenas de quadras, umas por ele publicadas na i…

Em Azeitão, em 10 de Abril

Se não esteve em Azeitão no Sábado (10 de Abril) para celebrar Sebastião da Gama, pode ver um apontamento do que ali se passou através da reportagem "Evocar Sebastião da Gama", produzida pela Setúbal TV, peça de Rita Matos, com imagem e edição de Luís Mestre. Aqui. Nela intervêm Manuel Herculano (da Associação Cultural Sebastião da Gama), Vanda Rocha (do Museu Sebastião da Gama) e Joana Luísa da Gama (esposa do poeta).

Resendes Ventura - "Pelo sonho é que vamos"

O Setubalense: 09.Abril.2010

"Diário", de Sebastião da Gama, editado em Itália

Excertos do Diário de Sebastião da Gama vão ser apresentados em Itália, na Università degli Studi della Tuscia, em Viterbo, em 13 de Abril. A obra – Frammenti di "Diario" (Viterbo: Sete Città, 2010) – foi preparada por Maria Antonietta Rossi, investigadora daquela Universidade e autora da introdução, tradução e notas que acompanham esta edição, e será apresentada pela professora Silvana Ferreri. Este título inaugura a colecção “Lusitana”, dirigida por Mariagrazia Russo, docente universitária e investigadora da cultura portuguesa. A iniciativa integra-se no workshop internacional “Viaggi di Lingue e Culture / Viagens de Línguas e Culturas”, organizado pela Università degli Studi della Tuscia di Viterbo (Facoltà di Lingue e letterature straniere moderne - Dipartimento DISU), pelo Instituto Camões (Cattedra “Pedro Hispano”) e pela Universidade de Lisboa, que vai decorrer na Università degli Studi della Tuscia, em Viterbo, em duas fases (13 e 14 de Abril e 7 de Maio). Presentes vã…

10 de Abril, dia de Sebastião da Gama

O 86º aniversário do nascimento de Sebastião da Gama, que ocorre em 10 de Abril, vai ser assinalado em Azeitão e Setúbal com diversas actividades.
15h30 Deposição de flores na sepultura do poeta (cemitério de S. Lourenço) 16h00 Encontro em torno do Diário, no Museu Sebastião da Gama (Azeitão), com a presença de Carla Cibele, alunos da ESSE de Setúbal, alunos de Sebastião da Gama e Joana Luísa da Gama 18h00 Abertura da exposição “Quando Sebastião da Gama escreveu na imprensa”, no Museu Sebastião da Gama (Azeitão) 21h30 Actuação do grupo de música tradicional “Tokivozes”, no Salão Nobre dos Paços do Concelho (Setúbal)
Para o mês de Maio, estão também previstas algumas actividades, como uma conferência sobre a obra Diário, por Fernando António Baptista Pereira, e a apresentação pública do cd "Meu caminho é por mim fora". Todas estas actividades têm a organização da Câmara Municipal de Setúbal e da Associação Cultural Sebastião da Gama. - JRR

Sebastião da Gama na memória

A Junta de Freguesia de S. Lourenço (Azeitão) promoveu a colocação de estandartes alusivos a Sebastião da Gama que irão estar expostos no centro da freguesia ao longo do mês de Abril. Os estandartes reproduzem uma fotografia de Sebastião da Gama, captada em 1947, no Portinho da Arrábida (imagem que serviu de modelo para o monumento que se ergue desde 2007 na Praça da República, em Azeitão), com os seguintes dizeres: “Sebastião da Gama (1924-1952) – Poeta da Arrábida – Azeitão Terra Amada! – Freguesia S. Lourenço Azeitão”. - JRR

Um roteiro para Sebastião da Gama

A publicação mensal Guia de Eventos, da responsabilidade da Câmara Municipal de Setúbal, atingiu a 63ª edição neste mês de Abril com um novo formato. Entre os assuntos em destaque está Sebastião da Gama, apresentando a revista não só a programação para o aniversário do poeta, mas também um pequeno roteiro intitulado “Lugares do Poeta”, que pode ser feito com os poemas de Sebastião da Gama à mão para que a mística dos sítios se envolva na poesia. É essa página que aqui reproduzimos. - JRR Guia de Eventos. Setúbal: Câmara Municipal de Setúbal, nº 63, Abril.2010, pg. 33.

Um cd para Sebastião da Gama - 2

O Banco BPI, SA foi o mais recente parceiro a manifestar o seu apoio à edição do cd "Meu caminho é por mim fora", que reúne 26 textos de Sebastião da Gama que a nossa Associação vai editar e tem apresentação prevista para a primeira quinzena de Maio. Assim, os parceiros que se envolveram neste projecto da Associação Cultural Sebastião da Gama são, por ordem alfabética: Banco BPI, SA; Câmara Municipal de Setúbal; Fundação Buehler-Brockhaus; Fundação Calouste Gulbenkian; Fundação Oriente; Grupo Nabeiro - Delta Cafés; Junta de Freguesia de São Lourenço (Azeitão); Junta de Freguesia de São Simão (Azeitão); Ramos & Varela, SA. Relembramos que a Associação está a aceitar pedidos de reserva deste cd (pode ser feito por mail), que sairá em edição numerada (números atribuídos pela ordem de recepção de pedido de reserva) e reúne as vozes de Célia David, Fernando Guerreiro, José Nobre, Maria Barroso e Maria Clementina e a música de Rui Serodio. - JRR

Associação é notícia no "Sem Mais Jornal"

Sem Mais Jornal: 02.Abril.2010, pg. 13