quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Flores da Arrábida na ""Agenda do Professor"

A Agenda do Professor para o ano lectivo de 2010/2011 publicada pela Associação dos Municípios da Região de Setúbal (AMRS) tem como tema a vegetação da Arrábida, uma apresentação que é motivada pelo facto de a AMRS ser a principal proponente da candidatura da Arrábida a Património Mundial da UNESCO.
A nota introdutória desta publicação justifica a opção: “A Arrábida é um sítio natural de valor mundial, nomeadamente, pela excepcionalidade da sua paisagem e pela riqueza florística e de conjuntos vegetativos que apresenta. De facto, a Arrábida constitui um laboratório natural a céu aberto. Pela diversidade de habitats e pelo equilíbrio dinâmico que existe entre eles, possui a vegetação da Arrábida uma raridade e uma resiliência própria extraordinária que permite a diversidade actual.”
Com projecto gráfico e fotografia de Dina Teles, a Agenda do Professor mostra uma dúzia de reproduções de plantas que podem ser encontradas no espaço da Arrábida, sobre as quais são indicadas características como a designação científica, a família, o nome vulgar, as dimensões, a ecologia e a fenologia.
Presentes nesta tiragem de cerca de 15 mil exemplares estão a madressilva (que ilustra também a capa), bocas-de-lobo, erva-pinheira, macela-de-S.João, fel-de-terra, fel-do-mato, ervilhaca miúda, tojo-gatunha, cardo do coalho, murta, roselha grande, beleza e lavapé.
Esta edição é uma evocação simpática da Arrábida, numa paleta de cor e de natureza para ir entretecendo os dias, num tempo em que falar da Arrábida não pode ser apenas por moda mas por intervenção cultural e cívica. - JRR