terça-feira, 29 de março de 2011

O que se tem feito?

Dos envolvimentos da Associação Cultural Sebastião da Gama só não temos dado notícias porque o tempo tem escasseado. Mas aqui fica o registo…

02.Março – Sessão com alunos da Escola Secundária Sebastião da Gama, em Setúbal, pela manhã. Pessoal interessado em saber coisas sobre o patrono da sua escola. No final, entre o ar entusiasmado e uma certa reserva, uma jovem veio pedir mais informação sobre essa colossal obra que é o Diário… estava com vontade de a ler!
18.Março – Sessão com alunos da Escola Secundária da Bela Vista, em Setúbal, pela manhã. Várias surpresas. Por exemplo: um power-point com várias ligações sobre Sebastião da Gama, preparado por um grupo de docentes da Escola; o entusiasmo de várias professoras que confessaram ter ficado a conhecer mais sobre o poeta da Arrábida; a dupla constituída pelo Bruno e pelo Francisco, que transformaram o poema “Conto em verso da princesa roubada” num rap bem à maneira. Depois, e ainda, as vozes do Edwilson, do Tiago, do Carlos, do Fernando, da Verónica, da Soraia e da Ana, que deram corpo a poemas diversos de Sebastião da Gama. Emocionante!
18 de Março – Sessão com os residentes da Casa do Professor (da Associação de Solidariedade Social dos Professores), em Setúbal, pela tarde. Forte! Ver como tantas pessoas, que já não estão directamente ligadas ao ensino, olham com enlevo para a história daquele que foi o autor do Diário, obra que os emocionou e os levou a serem melhores professores… Ver como, não havendo obrigatoriedade de os residentes assistirem, a sala se encheu e, durante hora e meia, comungaram na história deste professor e poeta arrábido… A mensagem de Sebastião da Gama fica para a vida. Que, tal como a Escola, deve ser o tempo de se ser feliz!

22 de Março – Sessão com alunos da Escola Básica 2, 3 de Azeitão, pela manhã, ali na terra do poeta, com jovens interessados e curiosos, que aguentaram o tempo todo, intervindo com perguntas e observações pertinentes para o seu saber. E a espontaneidade do dizer nas vozes da Mariana, do Martim, da Marisa e do Tomás! E a vontade que muitos manifestaram em participar na sessão… Têm génio estes jovens. E deixam-se fascinar por outro jovem que morreu com pouco mais do dobro da idade destes ouvintes. À entrada da biblioteca, uma exposição fotográfica chamava a atenção para outros poetas amigos de Sebastião da Gama… tudo servido à mesa da poesia: Couto Viana, Mourão-Ferreira, Matilde, António Osório… Parecia que estavam ali a lembrar também… A notícia e fotos podem ser vistas aqui.

24 de Março – Numa sessão com alunos na Escola Secundária de Palmela a propósito do Dia Mundial da Poesia e da Semana da Leitura, foram lidos vários poemas, aí se incluindo, além do “Maternidade” de Sebastião da Gama, aquele seu texto que ilustra uma página do Diário, em que fala sobre a necessidade de se afirmar a poesia perante os alunos assim justificando a sua criação da Semana da Poesia…

25 de Março – Não se falou de Sebastião da Gama, mas a Associação esteve lá presente. Foi na Escola Secundária Sebastião da Gama, pela manhã, onde se evocou o centenário de nascimento do pintor Luciano dos Santos (ocorrido justamente neste dia), numa palestra orientada pelo professor António Galrinho sobre o fresco que emoldura a escola, devido a este pintor, como alegoria do papel da escola nas artes, nas técnicas e na formação do indivíduo.

25 de Março – A Assembleia-Geral da nossa Associação decorreu com poucos associados nas instalações da Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense, em Vila Nogueira de Azeitão. Alguns sócios apareceram pela primeira vez e deram contributos interessantes para o desenvolvimento das actividades futuras. Contas e relatório aprovados, bem como o plano de acção para o ano de 2011, documento que a seu tempo dará frutos… Um registo, que não é original: como nas assembleias-gerais de outras instituições que trabalham no associativismo, estiveram presentes poucos associados, só tendo a reunião começado na segunda convocatória…

Sem comentários:

Enviar um comentário