terça-feira, 26 de novembro de 2013

Dos associados - Memória: Alberto da Conceição Fosco (1934-2013)



Alberto Fosco, um dos alunos de Sebastião da Gama que protagoniza o Diário (foi estudante na Escola Veiga Beirão) e nosso associado desde Abril deste ano, faleceu no início deste mês, em 5 de Novembro, notícia de que só agora tomámos conhecimento.
O Fosco, como Sebastião da Gama o refere no Diário, foi um dos alunos mais recorrentemente citados, surgindo-lhe a primeira referência logo no dia 28 de Janeiro de 1949:
«Hoje o trecho foi escolhido pelo Fosco (e de ora avante será quase sempre assim: eles é que sabem o que eles querem; e é esta uma maneira de se apurar o que nas antologias escolares vem fora de propósito).
'Homem ao Mar' [de D. Bernardo de Mesquitela] — um trecho apaixonante, intensamente dramático. Foi lido bastante bem pelo mesmo Fosco e a certa altura peguei eu nele. Posso julgar, pela atenção com que me escutaram, que à boa qualidade daquelas páginas se juntou a boa qualidade da minha leitura, de resto facilitada pelo interesse que eu próprio tinha nela. Mas isso não quis dizer de modo nenhum que o Fosco não se preferisse; reclamou que lhe pertencia a ele ler e foi ele quem levou o resto até ao ponto final.
Já não mandei contar: pedi ao Fosco que me dissesse por que gostou do trecho e os motivos que indicou foram um sinal de que compreendera onde estava a força e a beleza de 'Homem ao Mar'. Acabou a sua exposição falando sobre a vida do marítimo. E conseguiu, quando teve de citar um ou outro passo do trecho, o que eu acho que se deve então fazer: Contar o que se leu, não como quem leu, mas como quem viu.»
[Foto: pormenor da ficha do aluno Alberto Fosco, na caderneta de professor de Sebastião da Gama.]


Sem comentários:

Enviar um comentário