sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Joana Luísa e as memórias de Sebastião da Gama

Na revista “Tabu”, na edição de hoje do semanário Sol, o jornalista Vladimiro Nunes assina uma reportagem, em seis páginas, feita com Joana Luísa da Gama sobre o poeta Sebastião da Gama.
O trabalho, preparado há uns meses, deveria ter uma outra parte - uma visita aos sítios de Sebastião da Gama na Arrábida, na companhia de Joana Luísa, a mulher do poeta. No entanto, em resultado do estado de saúde de Joana Luísa da Gama, essa segunda parte já não pôde ser concretizada.
Assim, para assinalar o 60º aniversário da morte de Sebastião da Gama, que passa no dia 7 de Fevereiro, o Sol resolveu publicar a reportagem onde se contam as vivências e as memórias de Joana Luísa sobre o poeta e sobre a divulgação da sua obra.
É um momento importante para a divulgação do nosso patrono. E a reportagem está feita com alma, num retrato fiel. A não perder. - JRR

2 comentários:

  1. Só hoje tive conhecimento da entrevista. Vou tentar ainda obter um jornal.
    Gostaria de dizer de viva voz a Joana Luísa como, passados 60 anos, o nosso coração ainda chora de dor pela perda do professor e amigo Sebatião da Gama,agradecer-lhe e felicitá-la por ter conseguido com a sua amorosa dedicação manter viva a sua memória para sempre.Acilda

    ResponderEliminar
  2. Parabéns e obrigada pelo que fez e pelo que é.
    Sinto carinho e admiração por Joana Luísa e, à minha maneira,
    dediquei-lhe um pouco deste dia.
    MCT

    ResponderEliminar